Buscar
  • Genius Energy

Novas tecnologias colocam em alta a energia solar


Definitivamente a energia solar já é uma realidade que vem crescendo pelo mundo inteiro, inclusive no Brasil. Felizmente, com o barateamento dos insumos de fabricação, o sistema fotovoltaico, que gera energia para casas, prédios e, também, para a zona rural tem se tornado cada vez mais acessível. O meio ambiente, enfim, agradece.


Mas se engana quem pensa que esse sistema se resume aos painéis solares que já conhecemos. As novas tecnologias que estão chegando ao mercado vêm nos mostrando o quanto a energia solar tem um enorme potencial para os próximos anos.


Vamos conhecer algumas novidades que prometem revolucionar a rotina das pessoas. Acompanhe.


1. Telha solar


Você já deve ter ouvido falar nas telhas solares, que têm em seu corpo as células fotovoltaicas sobrepostas ou encapsuladas – substituindo a instalação das placas e de seus suportes especiais.


Desse modo, basta a substituição das telhas comuns pelas solares e interligar as conexões por debaixo delas com os fios presos por presilhas plásticas nas ripas de sustentação.


A grande novidade, porém, é a fabricação de uma nova geração de telhas solares da Tesla, conhecida empresa automotiva especializada em carros elétricos.


A proposta dessas novas telhas é modernizá-las ao ponto de não ser possível discernir se existem ou não telhas solares na casa. Apesar de aparência de telhas de barro ou pedra, na verdade, as fotovoltaicas da Tesla são produzidas em vidro temperado e texturizado.


Com isso, segundo a empresa, a resistência do telhado fica mantida, mas o material translúcido permite que a luz atravesse por ele com uma perda de apenas 2% ­– ou seja, há 98% de eficiência na produção da eletricidade.


2. Novas baterias


Ainda falando na Tesla, a empresa anunciou, em 2016, uma nova geração de baterias solares chamadas de Tesla Energy.


O produto, chamado de Powerwall, é uma bateria recarregável de íon-lítio (a mesma da base das baterias de celular), que pode ser facilmente instalada nas paredes do imóvel e armazena a eletricidade obtida pelos painéis solares – conseguindo abastecer o imóvel em momentos oportunos, como em horários de baixa produção ou alto consumo, além de também funcionar como um gerador quando falta energia da concessionária.


3. Carros movidos à energia solar



Os carros movidos à energia solar ainda estão na fase de protótipos, mas algumas empresas já prometem lançar, em breve, os primeiros veículos.


É o caso da chinesa Hanergy, que já apresentou quatro protótipos de carros mais parecidos com os modelos atuais (embora ainda sejam rebuscados). Neles, o teto e o capô são cobertos por células solares e transmitem 31,6% de energia solar direto para as baterias.


Mesmo que ainda seja pouco, esse já é um recorde para o setor. No caso de um dos modelos, segundo a empresa, é possível rodar cerca de 80 km apenas com a força da energia solar. Já para viagens mais longas ou dias nublados, o carro usa uma bateria elétrica com 350 km de autonomia.


4. Painel solar híbrido



Essa já é uma realidade que está começando a chegar ao mercado: a tecnologia do painel solar híbrido, que, ao mesmo tempo em que produz energia solar, também aquece a água por meio da conversão fotovoltaica.


Essa inovação já permite ganhos consideráveis em eficiência energética, podendo ser até 30% superior aos painéis solares convencionais.


5. Vidros fotovoltaicos


Eles são vidros simples (laminados ou duplos), em que são instaladas pequenas lâminas de células fotovoltaicas de silício, que é um material semicondutor. O resultado é a conversão da radiação solar em eletricidade.


Esses vidros fotovoltaicos já são muito utilizados na Europa, em fachadas de prédios e nas coberturas para aumentar os ganhos energéticos, que chegam a 16% de eficiência, sendo, portanto, um complemento à energia solar fotovoltaica convencional.


Gostou de conhecer as novas tecnologias em energia solar? Mesmo que elas levem certo tempo para atingir a escala comercial – em disponibilidade e preço –, é uma ótima notícia saber que, no futuro próximo, poderemos ter à disposição diversos produtos adequados às nossas necessidades e de forma ambientalmente correta.


Entre em contato com nossos engenheiros, tire todas as suas dúvidas

2 visualizações